Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
5.7 C
Lisboa

Duelo do título a quatro candidatos

Petrolíferos do Eixo Viário derrotaram diamantíferos da Lunda-Norte nos instantes finais da partida disputada no 11 de Novembro

A quatro jornadas do fim do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola, as contas continuam abertas, quer no grupo de equipas que lutam pela conquista do título quer entre os concorrentes que fogem da zona de despromoção.
No topo da tabela classificativa, o quarteto formado por Recreativo do Libolo, Kabuscorp do Palanca, Petro de Luanda e Interclube já marcou posição quanto à discussão do ceptro em posse da formação da Polícia Nacional.
Entre os candidatos, apenas o Libolo e o Kabuscorp estão na corrida de forma autónoma, visto que dependem apenas de si para no final da prova fazerem a festa da consagração, feito inédito para ambos os emblemas.Petro e Interclube estão firmes na disputa, mas têm de fazer contas com eventuais deslizes da dupla da frente.
Arredado das contas do título encontra-se o 1º de Agosto, que para chegar à liderança e erguer o troféu precisa que Libolo e Kabuscorp percam os quatro jogos.
O desfecho da 26ª jornada voltou a mostrar as equipas que estão com pujança de campeão. Com o itinerário do título bem definido pelo técnico Zeca Amaral,confirmação da vitória na partida frente ao Kabuscorp , o Recreativo do Libolo fez valer o factor casa e derrotou o Santos FC por duas bolas sem resposta.
Com tarefa mais complicada, por ter pela frente o 1º de Agosto, um histórico do futebol angolano, o Kabuscorp mostrou a sua força, ao triunfar por 3-1, numa partida marcada pelo mau trabalho do árbitro Paulo Roberto Talaia, que ofereceu um golo aos militares.
Ontem, no encerramento da ronda, o Interclube assumiu a sua condição de detentor do ceptro e vergou o revitalizado ASA, por 2-0. Ficou reforçada a presença dos polícias no duelo a quatro pelo primeiro lugar do pódio.

O Petro de Luanda experimentou dificuldades para derrotar o Sagrada Esperança, por 2-1. A formação petrolífera mantém a candidatura à primeira posição, enquanto os lundas fazem contas pela permanência no escalão.Na abertura da ronda, o Progresso do Sambizanga deu um importante passo em direcção à estabilidade na prova, ao vergar o Benfica de Luanda, por 3-1. As águias ficam mais mergulhadas na zona de despromoção.
O FC Bravos do Maquis empatou em casa a duas bolas com o Recreativo da Caála, o 1º de Maio de Benguela e o FC Cabinda não passaram do zero a zero, enquanto a Académica do Soyo, com o triunfo por 2-1, aprofundou a agonia do seu já despromovido confrade do Lobito.

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: M. Machangongo

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Galaxy S com câmera de 200 megapixels é teste de poder de marca da Samsung

A Samsung Electronics apresentou nesta quarta-feira seus mais recentes smartphones premium dando foco em câmeras poderosas, em um teste...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema