Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
5.7 C
Lisboa

Juan Carlos de Espanha elogia milagre angolano

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, concedeu uma audiência, ontem, no Palácio da Cidade Alta, em Luanda, ao líder do Congresso dos Deputados de Espanha, José Bono Martínez, que se encontra em visita a Angola a convite do seu homólogo, António Paulo Kassoma.
À saída do encontro com o Chefe de Estado angolano, José Bono Martínez elogiou o crescimento económico e os progressos registados em Angola depois de conquistar a paz, lembrando, os laços históricos que ligam os dois países. O rei de Espanha, Juan Carlos, endereçou, através do líder do Congresso dos Deputados, uma “mensagem de saudação especial” ao Presidente angolano.
“Nós não nos esquecemos e tão-pouco os angolanos que a Espanha foi o segundo país que reconheceu a nova nação angolana, num momento que foi decisivo. A relação de afecto, de cortesia e a consideração é que me levou a pedir a audiência ao Presidente da República que amavelmente ma concedeu”, disse José Bono Martínez, sustentando que “Angola é um país conhecido em todo o mundo por razões muito positivas, mas também pela guerra e pelo milagre que fez de recuperação, ao conseguir levantar de uma maneira espectacular o seu Produto Interno Bruto. Isso deve-se à liderança esclarecida do Presidente José Eduardo dos Santos”.
Para José Bono Martínez disse ainda que “em nome de Espanha estou aqui a manifestar o nosso querer humilde em aprender com os angolanos”. Angola teve grande ajuda da alta do preço do petróleo, que é o principal produto de exportação: “A sua evolução desde a guerra à paz, de uma situação de ausência de tranquilidade ao processo de nova Constituição, de eleições livres e de um Parlamento consolidado, é algo que temos de ver com satisfação e alegria”, afirmou.
Para o líder do Parlamento espanhol, “Angola não é o único país no mundo que precisa de consolidar e ampliar os direitos humanos. Um esforço que, no seu entender, deve envolver e mobilizar todos os membros da sociedade.
“Sabemos que Angola e tantos outros países do mundo ainda têm de percorrer algum caminho na ampliação dos direitos humanos e na consolidação das liberdades, ninguém pode pensar que tudo está feito. Todos temos de contribuir”, disse José Bono Martínez.
O deputado sublinhou que a Espanha não vem a Angola dar lições de moral: “para nós vale a máxima de Sócrates: só sei que nada sei. É uma posição humilde para partilhar experiências e também para aprender com os angolanos”, referiu.

Na visita de três dias a Angola, José Bono Martínez tem agendado contactos com membros do Executivo angolano, como os ministros do Interior, da Indústria e das Finanças. Consta ainda da sua agenda de trabalho, reunião com a coordenadora da Comissão de Luta Contra a Pobreza, visitas à cidade do Kilamba, ao Campus da Universidade Agostinho Neto e ao Museu Nacional de Antropologia. Está também prevista deslocação à província de Benguela.
Ontem, à chegada em Luanda o líder parlamentar espanhol foi recebido no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, pelo embaixador da Espanha em Angola, Jose Maria Castrouviejo y Bolibar e deputados da Assembleia Nacional.

Fonte: JA
Fotografia: Francisco Bernardo

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Galaxy S com câmera de 200 megapixels é teste de poder de marca da Samsung

A Samsung Electronics apresentou nesta quarta-feira seus mais recentes smartphones premium dando foco em câmeras poderosas, em um teste...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema