Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
11.6 C
Lisboa

Santuário da Muxima ficou mais acessível

Convidado a assistir à cerimónia de inauguração da ponte 17 de Setembro, na vila da Cabala, D. Alexandre do Nascimento ficou satisfeito porque a infra-estrutura beneficia os milhares de devotos da Nossa Senhora da Muxima.
Em declarações ao Jornal de Angola, D. Alexandre do Nascimento considerou “muito especial” o dia da inauguração da ponte.
“É um empreendimento muito útil para os cidadãos, em especial para os católicos devotos da Nossa Senhora da Muxima, porque o santuário encontra-se no coração dos angolanos católicos”.
O cardeal recordou um episódio dos seus tempos de menino: “era costume em certas famílias que quando nascesse uma criança era levada ao santuário da Nossa Senhora da Muxima. Lembro-me que o meu pai e a minha mãe tiveram um pequeno desentendimento, porque a minha mãe queria levar-me, criança ainda, ao santuário para ser dedicado à Nossa Senhora da Muxima, mas o meu pai discordou precisamente porque a viagem era longa e os caminhos muito difíceis naquele tempo”.  Aos 86 anos, recorda que a promessa de sua mãe só veio a concretizar-se na altura em que já bispo e cardeal.
“Devia ser eu levado ao colo da minha mãe, mas nem a inversa se fez. E a presença no Santuário de Nossa Senhora da Muxima dá-me alegria.É uma maneira de comunicar com o sobrenatural”. Para o bispo emérito da Igreja Metodista, outro convidado à cerimónia, a inauguração da ponte representa um facto importante para o país, um reflexo da paz:  “Não é só a construção da ponte mas de todos outros empreendimentos que eram impossíveis de fazer no tempo da guerra”, disse Emílio de Carvalho, frisando que  “a ponte 17 de Setembro significa o melhoramento das ligações inter-provinciais, para a circulação de pessoas e transporte de mercadorias”.

População agradeceu

“Graças a Deus”, começou por responder o soba grande de Icolo e Bengo, quando lhe perguntámos sobre a importância da Ponte 17 de Setembro para a região. “Esta ponte não foi feita só para a população da Cabala, mas para todos os angolanos que passam por aqui”, disse.
O soba considerou motivo de regozijo a presença do Presidente José Eduardo dos  Santos e dos membros do Executivo à região de Icolo e Bengo, para a inauguração da ponte na vila da Cabala.
O soba e os habitantes da região aplaudiram o que consideram de grande importância, a presença no local de todos os sobas da região, numa manifestação de unidade.

 

Kumuênho da Rosa

Fonte: Jornal de Angola

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rei Felipe VI já em Luanda

À sua chegada, Felipe VI e esposa foram recebidos pelo ministro das Relações Exteriores, Téte António, e o embaixador...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema