Domingo, Fevereiro 5, 2023
12.2 C
Lisboa

Integração social de desmobilizados

O governo da província do Kuando-Kubango criou, na quinta-feira, uma comissão para o realojamento de 150 mil ex-militares e mutilados de guerra que vivem nos municípios de Rivungo e Mavinga.
A comissão, criada durante uma reunião do governo da província, é coordenada pelo vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Simão Baptista, e constituída por alguns directores provinciais e forças de defesa e segurança. Simão Baptista disse estarem a ser criadas todas as condições materiais, humanas, técnicas e logísticas para o início do processo.
O vice-governador acrescentou que, para a execução do programa, foram disponibilizados 394,9 milhões de kwanzas, parte dos quais se destinam à aquisição de utensílios de trabalho para a preparação de terras, sementes de massango e de massambala e equipamentos de pesca. Em todo o país estão a ser desenvolvidas acções em beneficio dos antigos militares e veteranos da pátria. O objectivo é garantir melhores condições de vida para esta franja da sociedade.

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Delfim Neves denuncia “caça às bruxas” em São Tomé

Delfim Neves teme pela própria vida e diz pairar em São Tomé uma sensação de "caça às bruxas". Em...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema