Terça-feira, Fevereiro 7, 2023
7.8 C
Lisboa

“O Presidente e as artes” em exposição patente na galeria dos artistas plásticos

A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, afirmou, em Luanda, que a exposição “O Presidente e as Artes”, em homenagem ao 69º aniversário do Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, estimula o aparecimento de outras galerias e mais artistas.
Rosa Cruz e Silva, que discursava durante a inauguração da exposição colectiva de artes plásticas, pediu aos criadores para promoverem outras amostras no país e no exterior, com o intuito de divulgar a arte angolana.
Patente no Salão Internacional de Exposições da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP), “uma exposição desta natureza deve acontecer em todas as províncias e desejamos que abram mais galerias e surjam novos artistas, para que as artes plásticas em Angola prossigam o seu caminho e se projectem cada vez mais no interior do país e no resto do mundo”, disse Rosa Cruz e Silva.
A titular da pasta da Cultura referiu, ainda, que o tributo ao Chefe de Estado é resultado da sua dedicação e apoio ao desenvolvimento da actividade artística, particularmente nas artes plásticas.
A ministra louvou a iniciativa da UNAP e manifestou o desejo de se juntar aos propósitos dos artistas plásticos que reconhecem os esforços do Presidente da República, pela sua firme condução e liderança dos destinos do país e nos ensinamentos que nos tem transmitido.
Segundo o secretário-geral da UNAP, António Bastos, com as obras expostas, a União Nacional dos Artistas Plásticos homenageia e reconhece todo o trabalho que o Presidente da República tem desenvolvido. Recordou que a primeira e única importação de materiais de artes plásticas para a UNAP foi financiada directamente pelo Presidente da República, em 1988 e 1989. Segundo Bastos, o material serviu para melhorar a qualidade de obras produzidas, e a partir daquela altura os artistas começaram a obter prémios nacionais e internacionais.
Deu a conhecer que este ano, a UNAP recebeu um apoio do Executivo, para a importação de materiais para oferecer aos seus artistas. “Temos recebido um grande apoio do Chefe do Executivo, esta é a forma mais explícita que achamos para o prestigiar”, acrescentou.

Aberta ao público até 18 de Setembro, “O Presidente e as Artes” conta com 47 obras, entre consagrados, artistas da nova geração e convidados. São desenhos, pinturas, tecelagens, cerâmicas, gravuras, e esculturas (pedra, bronze e madeira). Entre os expositores constam Álvaro Macieira, Domingas Massocolo, Dudú, Tomás Vista, Clara Monteiro, Filomena Coquenão, Don Sebas Cassule, Bastos, Anatondo Alberto, Fernanda Viriato, Ana Suzana David “Kiana”, Lema Yuma, e Fernandes de Carvalho “Tozé”.
A cerimónia de inauguração foi marcada com as presenças do vice-presidente do MPLA, Roberto de Almeida, a ministra da Família e Promoção da Mulher, Genoveva Lino, e o governador da Província de Luanda em exercício, Graciano Domingos.

Fonte: Jornal de Angola

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio tem 3.640 vagas abertas em todo o estado para jovem aprendiz, estágio e CLT. Confira

Moradores do Estado do Rio que buscam espaço no mercado de trabalho podem aproveitar as 3.640 oportunidades de emprego...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema