Sexta-feira, Fevereiro 3, 2023
6.8 C
Lisboa

Angola cilindra Chade na estreia

Angola elevou para 29 os anos sem perder em jogos de estreia em Campeonatos Africanos das Nações Seniores Masculinos de Basquetebol, Afrobasket, ao derrotar ontem, no Palácio da Cultura e dos Desportos, a congénere do Chade, por 115-56, em partida pontuável para o grupo B da prova que se disputa em Antananarivo, Madagáscar, até ao dia 28 do corrente.
Ao intervalo, o cinco nacional às ordens do francês Michel Gomez vencia por expressivos 68-24. Mesmo sem terem deslumbrado, os decacampeões jogaram o suficiente para manter intactas as credenciais de crónicos candidatos à conquista de mais um título africano.
Apesar de não ter sido possível aferir com maior precisão o estado de forma desportiva da equipa, muito por culpa da fragilidade tanto técnica como táctica dos chadianos, ainda assim, foi possível avaliar quais os sectores mais produtivos do combinado angolano, e o cinco inicial constituído por Armando Costa (base), Leonel Paulo e Carlos Morais (extremos), Joaquim Gomes “Kikas” e Felizardo Ambrósio (postes).
Diante de um adversário demasiado maleável que nunca pôs em perigo os objectivos de triunfo da Selecção Nacional, o técnico Michel Gomez aproveitou para ensaiar diferentes mutações tácticas e dar minutos de competição aos 12 jogadores. Mais experimentados, apesar de inúmeras perdas de bola, os angolanos não deram tréguas ao opositor dominando-os tanto na qualidade de exibição como nos números.  Nos lançamentos de dois pontos, em 38 tentativas, Angola marcou 24, conseguindo 63 por cento, contra 58/19, 33 por cento do Chade. Na linha dos três pontos, em 37 arremessos, os angolanos encestaram 13,35 por cento. Por sua vez, os chadianos acertaram em 19 tentativas, dois, fazendo um percentual de 11.
Nos lances livres, dos 35, os campeões africanos converteram 28, 80 por cento. Os chadianos em 20 arremessos acertaram 12, 60 por cento.  O extremo Carlos Morais foi o melhor cestinha da partida ao anotar 25 pontos, em sentido inverso, com 16:07 minutos, Leonel Paulo, não converteu qualquer ponto.

FICHA TÉCNICA

Palácio da Cultura e Desportos de Antananarivo. Sob a arbitragem de Haykel (Tunísia), Didier Shema Maboko (Ruanda) e Nouru Djeri (Togo), as equipas alinharam e marcaram do seguinte modo:
ANGOLA (115) – Valdelício Joaquim (8), Armando Costa (7), Carlos Morais (25), Domingos Bonifácio (6), Simão Santos (12), Leonel Paulo (0), Joaquim Gomes (15), Miguel Kiala (5), Felizardo Ambrósio (10), Tati Jorge (9), Milton Barros (12) e Eduardo Mingas (6).
Treinador: Michel Gomez
Cinco base: Armando Costa, Carlos Morais, Leonel Paulo, Joaquim Gomes e Felizardo Ambrósio.
CHADE (56) – Alain Noubaramadji (6), Dillah Mbairessem (4), Koibe Mickael (11), Abderamane Mbaindiguim (3), Ngarasde Djimtoide (5), Mário Ngadi (5), Richard Moguena (8), Ronald Nato (3), Garba Makka (0), Ousame Sale (0), Bienvenu Djimassal (8) e Théodore Mbaiarsi (3).
Treinador: Patrick Maucouvert.
Cinco base: Alain, Koibe, Ngarasde, Richard e Théodore.
Marcha do marcador: 14-7 (5 minutos), 35-17 (10 minutos), 49-19 (15 minutos), 68-24 (20 minutos), 78-26 (25 minutos), 89-37 (30 minutos), 101-48 (35 minutos) e 115-56 (40 minutos).
Resultados parciais: 35-17 (primeiro quarto), 33-8 (segundo quarto), 21-13 (terceiro quarto) e 26-19 (quarto quarto).
Resultado ao intervalo: 68-24
Resultado final: 115-56

Fonte: Jornal de Angola

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Uíge: UNITA e FNLA acusam Governo provincial de favorecer militantes do MPLA na distribuição de terras

UNITA e FNLA, na oposição em Angola, acusam o Governo provincial do Uíge de excluir seus militantres do processo...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema