Sexta-feira, Fevereiro 3, 2023
9.9 C
Lisboa

Os lugares do Corredor do Kwanza

Uma exposição fotográfica intitulada “Corredor do Kwanza: Memória e História de Muxima, Massangano, Cambambe e Dondo ”, esteve patente na II Feira do Dondo.
Organizado pelo Arquivo Nacional de Angola, as fotos apresentaram locais históricos da região de Kambambe, município do Kwanza-Norte, em imagens que realçam os lugares onde os agentes económicos da época (século XVI) faziam paragens para as suas trocas comerciais.
As fotografias mostram, também, os roteiros fluviais e terrestres das caravanas comerciais que passavam, desde o século XVI, pelas localidades da Muxima, Massangano, Cambambe e Dondo.
Segundo a direcção do Arquivo Nacional de Angola, a exposição vem concretizar o lançamento oficial de um projecto que tem como objectivo chamar a atenção das autoridades competentes, no sentido de inscrever o corredor do Kwanza na lista do património mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
A importância do corredor do Kwanza, segundo os historiadores, deve-se ao facto de no passado ter sido uma região que simbolizou o intercâmbio cultural, económico e social de povos de diferentes regiões e reinos de Angola.
O nome Muxima deriva, de acordo com os dados históricos, do soberano Muxima Kita Mbonje (ou Muxima Ua Ngombe) que reinava na altura do contacto com os portugueses. Massangano, na língua kimbundo, segundo Cordeiro da Mata, significa confluência, ponto de encontro entre os rios Lucala e Kwanza, enquanto Kambambe foi denominada pelos portugueses entre 1603-1604, após renhidos combates. A sua capital, o antigo Conselho do Dondo, teve uma grande importância comercial, pois contribuiu para a navegação a vapor no rio Kwanza, empreendida em 1869.
A vila histórica do Dondo já era conhecida pelos portugueses no século XVII, pois já se fazia a Feira do Dondo entre 1623 e 1625, tendo a localidade assumido um papel crucial depois de 1825, com o desenvolvimento do comércio.

O Arquivo Nacional de Angola vai realizar em Luanda, no Auditório da Seguradora AAA, uma Mesa Redonda sobre o Projecto “O Corredor do Kwanza”, no dia 22 do corrente, evento que esteve inicialmente marcado para o dia 18.

Músicos animam a feira

Mamukueno, Claudeth Tchizungo e o agrupamento “ Tunjila Tua Jokota” foram os cantores que mais se evidenciaram na noite de sexta-feira, na II Feira do Dondo.
Estas três figuras da música angolana fizeram vibrar o público, com os seus ritmos e dança.
Crianças, jovens e adultos aplaudiram a qualidade musical de Claudeth Tchizungo e Mamukueno, que recorreram ao semba, enquanto o grupo Tunjila  Tua Jokota pôs o público a dançar sob o ritmo peculiar da província de Malange.
Durante duas horas,  Edson Fábio e Paulo Januário mostraram, igualmente, os seus dotes com a estreia em palco, pelo que obtiveram também o carinho do público.

Puto Português

O segundo espectáculo da Feira do Dondo, realizado no fim-de-semana, em Kambambe, província do Kwanza-Norte, contou com participação dos cantores Puto Português e Ndengues do Kota Duro.
O espectáculo, que arrastou mais de duas mil pessoas, ficou marcado pela actuação de Puto Português, cujas músicas fizeram cantar e dançar os presentes. O cantor interpretou “Tá Male”, “Mano João” e “Zebedey”, temas que fizeram vibrar os presentes cantando em uníssono e acompanhando-o do princípio ao fim em apoteose.
Em ambiente de festa, jovens e adultos procuraram uma melhor posição para ver o Puto Português, que saiu do município do Rangel, em Luanda, para mostrar o seu talento no Dondo.
Com bailes e acrobacias, o cantor e os seus bailarinos contagiaram o público, que imitava cada passada que vinha do palco, durante uma hora e meia.
O cantor Socorro, proveniente da província do Uíge, e Ndengues do Kota Duro, da província de Malange, mostraram, igualmente, as suas potencialidades obtendo dos presentes muitos aplausos.

Fonte: Jornal de Angola

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Facebook: falha de segurança permitia desativar a proteção de dupla autenticação 2FA

A 2FA tem vindo a ser apresentada aos consumidores como uma das ferramentas mais fortes para proteger a nossa...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema