Portal de Angola
Informação ao minuto

Camponeses do Bungo recebem financiamento

Os camponeses do município do Bungo, na província do Uíge, começaram a receber, desde sábado, crédito de campanha agrícola. O financiamento, correspondente a cinco mil dólares americanos, para cada beneficiário, consiste na distribuição de equipamentos de trabalho, entre os quais sementes e outros meios de apoio à actividade do campo.
O empréstimo foi cedido pelo Banco de Poupança e Crédito (BPC) e visou entregar aos camponeses beneficiários sementes de batata rena, tomate, couve, repolho, cenoura, pimenta, ginguba, feijão e equipamentos de trabalho, como enxadas, catanas, ancinhos, limas, carros de mão, motobombas, pulverizadores, motosserras, botas de borracha, capas de chuva, adubos e fertilizantes.
A directora para micro finanças do BPC, Isabel Miguel, referiu que a acção visa responder ao apelo e desejo do Chefe do Executivo sobre o Programa de Combate à Fome e à Pobreza.
“Esta acção marca o início das nossas concessões de crédito agrícola aos camponeses da província do Uíge. O principal objectivo deste financiamento é potenciar os pequenos agricultores da região e permitir o aumento da produtividade agrícola na região”, disse.
Isabel Miguel disse que a sua instituição prevê atribuir um financiamento de até 12 milhões de kwanzas para beneficiar 111 camponeses da província. Acrescentou que a área de micro finanças do BPC pediu melhor gestão dos meios entregues aos camponeses de forma a garantir produção agrícola em grande escala e que a venda dos excedentes sirva para o reembolso do valor a que tiveram direito.
“O Executivo está preocupado com a melhoria de vida das populações, principalmente as do meio rural. Por isso, pedimos que os primeiros beneficiários trabalhem com generosidade e devolvam o dinheiro que receberam para este mesmo dinheiro servir para financiar outros camponeses”, sublinhou. A administradora municipal do Bungo, Helena Antunes Ferraz, disse que no município existem 53 associações de camponeses e parte destes vai beneficiar do crédito de campanha agrícola do BPC.
“Devido à falta de incentivos, os camponeses deste município dedicam-se apenas a uma agricultura de subsistência, mas com o micro crédito aos agricultores acreditamos que nos próximos tempos a produção vai melhorar”, referiu.

Fonte: Jornal de Angola

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »