‘Viúva Negra’ condenada a pena de morte no Japão

(DR)

Japonesa de 70 anos envenenou o marido e dois companheiros. Objetivo era ficar com a fortuna que lhes pertencia.

Uma idosa de 70 anos foi condenada a pena de morte, no Japão, por ter matado o marido e dois namorados, na tentativa de herdar as fortunas.

A ‘Viúva Negra’, como é conhecida no país, conheceu esta terça-feira a sentença. O tribunal de Tóquio deu como provado que envenenou o marido, de 75 anos, com recurso a cianeto. O mesmo veneno foi utilizado anos mais tarde para envenenar outros dois homens, com quem Chisako Kakehi manteve relações após ficar viúva.

Segundo reporta a imprensa internacional, as vítimas mais recentes tinham entre 71 e 75 anos e eram detentoras de fortunas. Foi, de resto, esse o critério usado pela ‘Viúva Negra’ para escolher as pessoas com quem se envolvia.

Chisako Kaheki encontrava-se detida desde 2014 por suspeita de crimes cometidos entre 2007 e 2013. Aquele que é um dos casos de homicídio mais mediáticos do Japão chegou ao fim. (Notícias ao Minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA