STJ nega pedido da defesa de Lula e decide que Moro não é suspeito para julgar o petista

O ex-presidente Lula (E.Sá AFP)

Defesa do ex-presidente recorreu ao ministro Felix Fischer para que ele alterasse decisão do TRF-4

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva um pedido de revisão da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que considerou que o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância, não é suspeito para julgar o petista

O pedido foi feito no processo em que Lula foi condenado por Moro a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex do Guarujá. No dia 8, o STJ publicou decisão do ministro Félix Fischer negando o Agravo em Recurso Especial movido pela defesa, que pedia reavaliação da decisão do Tribunal da Lava Jato. (Band B)

DEIXE UMA RESPOSTA