Septuagenário morto ao tentar apaziguar briga de casal

HUÍLA: CARLOS ALBERTO - PORTA-VOZ DO COMANDO PROVINCIAL DA PN (FOTO: BELARMINA PAULINO)

Um cidadão, de 72 anos de idade, camponês, foi morto por outro, de 36 anos, com uma catana, quando tentava apaziguar uma briga de um casal, no município da Humpata, a 22 quilômetros da cidade do Lubango.

A informação foi avançada hoje, terça-feira, à Angop, no Lubango, pelo porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, superintendente Carlos Alberto, afirmando que o facto aconteceu há dias no bairro da Baixa Missão do Tchivinguiro, na residência do casal que estava em briga.

A vítima na tentativa de apaziguar foi-lhe desferido diversos golpes de catana, causando-lhe morte imediata.

Afirmou que o acusado, depois de cometer o homicídio, acabou por suicidar-se minutos com a mesma arma.

Carlos Alberto salientou que aconteceram mais dois homicídios no município do Lubango, na via pública, sendo um com recurso a arma de fogo, concorrido com roubo de uma motorizada, praticado por pessoas desconhecidas, em que foi vítima um cidadão de 31 anos de idade.

O segundo aconteceu com recurso a uma faca, praticado por um menor, de 16 anos de idade, em que teve como vítima um individuo não identificado por não se fazer acompanhar de documento algum. O crime foi motivado por desentendimento após o consumo de bebida alcoólica. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA