República Centro-Africana: Ataque com granada contra restaurante em Bangui faz 20 feridos

Bandeira a República Centro Africana (ANGOP)

Um restaurante da capital centro-africana, onde um célebre cantor local produzia um concerto, foi atacado sábado a granada, em Bangui, por homens armados não identificados, causando pelo menos “uma vintena” de feridos, soube a AFP, de fontes concordantes.

O restaurante atacado, situava-se no bairro muçulmano da capital denominado “PK5” e epicentro da onda de violência comunitária desses últimos anos na cidade, e particularmente naquela zona.

“Dois indivíduos sobre uma moto lançaram sábado, uma granada no restaurante”, onde se
encontrava o cantor centro-africano Ozaguin, declarou o porta-voz da missão de paz na RCA (Minusca), Hervé Verhoosel, contactado pelo telefone a partir do Gabão.

Os integrantes do grupo do cantor ficaram feridos e foram transportados para o hospital comunitário de Bangui, segundo a mesma fonte.

No mesmo hospital, um médico deu conta de 21 feridos recebidos nas urgências.

O artista Ozaguin, cantor muito popular no seu país, onde é cognominado o rei do rumba centro-africano, confirmou, num curo vídeo publicado na sua página no facebook, que seis dos seus músicos ficaram feridos, tendo lamentado o facto dele próprio não ter sido antigido pelos estilhaços da granada, agradecendo à Deus e seus fãs pela sua solidariedade.

Bangui nunca mais foi o teatro da violência desde Fevereiro de 2017, graças à uma operação das forças armadas centro-africanas contra o grupo armado PK5. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA