População chamada aos postos de vacinação

Crianças menores de um ano de idade e mulheres em idade fértil vacinadas (FOTO: LINO GUIMARAES)

A população de Luanda foi chamada a comparecer aos postos de vacinação a serem montados na capital do país, com o objectivo de erradicar a poliomielite.

A Campanha de Intensificação da Vacinação de Rotina, aberta nesta quarta-feira pelo Governo da Província de Luanda, visa complementar o calendário vacinal das crianças menores de um ano de idade e mulheres grávidas em áreas de fraca cobertura.
Durante três meses, o plano permitirá atender crianças abrangidas e que não completaram ou que, por algum motivo, não tenham sido vacinadas. As mulheres em idade fértil não grávidas (dos 14 aos 49 anos), residentes em zonas suspeitas de registar casos de tétano neo-natal também serão incluídas no programa.

Falando na abertura da Campanha de Intensificação da Vacinação de Rotina, a vice-governadora de Luanda para o sector Político e Social, Ana Paula Correia Victor, disse que esta iniciativa prevê imunizar pelo menos 75 mil crianças e 95% de mulheres em idade fértil.

Para facilitar a realização da campanha, acrescentou, os interessados devem dirigir-se às unidades de saúde públicas e privadas, e serão montados postos de vacinação em áreas de maior fluxo populacional, como mercados, paragens de autocarros, escolas, igrejas, centros recreativos e creches.

Agradeceu o apoio incondicional que o Governo Provincial de Luanda tem estado a receber do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde, UNICEF (parceiros na luta para erradicação, eliminação e controlo das doenças preveníveis). (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA