Pólo Industrial de Viana cria novo modelo de gestão

Ivan Magalhães do Prado, Secretário de Estado da Indústria (Foto: Gaspar dos Santos)

O Pólo de Desenvolvimento Industrial de Viana, na qualidade de maior e mais antigo do país, vai ser o primeiro a adoptar um novo modelo gestão, com o envolvimento do sector privado a todos os níveis, disse hoje, segunda-feira, o secretário de Estado da Indústria, Ivan do Prado.

Segundo o responsável, que falava na abertura de um colóquio alusivo ao 19º aniversário do referido pólo, localizado no município de Viana, em Luanda, o novo modelo de governação será seguido pelos demais pólos do país, com as necessárias adaptações aos variados contextos locais.

Destacou que devido à escassez de recursos financeiros públicos e de nova filosofia económica, o programa do governo e as orientações do Executivo recomendam o envolvimento da iniciativa privada em todos os níveis de investimentos, onde tal seja possível e que, antes, eram suportados integralmente pelo Estado.

Ivan do Prado aludiu que no quadro de crise económica que o país vive e de reconhecimento do sector da indústria transformadora como um factor crítico para ajudar a ultrapassá-la, através da diversificação da economia, a construção de pólos de desenvolvimento industrial em todo país vai ganhando a visibilidade que deveria ter tido desde a criação do primeiro em 1998.

Na mesma senda, o presidente do conselho de administração do Pólo de Desenvolvimento Industrial de Viana, Luís Ribeiro, disse que os demais pólos similares do país têm sido infra-estruturas públicas que são financiadas e geridas pelo Estado.

“A nova política que foi definida pelo governo é que estes pólos passem para gestão privada, com o mínimo de intervenção possível do Estado em termos de investimentos”, acrescentou.

Na sua óptica, o ideal é que haja entidades privadas que façam a infra-estrutura dos mesmos e depois a sua gestão.

“Esse modelo está a espera de aprovação superior, com um conjunto de instrumentos jurídicos e de regulamentos, e esperamos que rapidamente seja aprovado e posto em execução”, concluiu.

O Pólo de Desenvolvimento Industrial de Viana foi criado pelo executivo conjunto nº 41/98, dos ministérios das Finanças e da Indústria. Conta actualmente com cerca de 600 empresas instaladas, das quais 330 a funcionar com cerca de seis mil e 500 trabalhadores. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA