Partido de Berlusconi ganha “ensaio geral” em Sicília para as eleições de 2018

(DR)

Nello Musumeci, o candidato de direita apoiado pelo antigo chefe do Executivo italiano, terá conseguido entre 35 a 40% dos votos, antecipando uma eventual vitória do partido nas legislativas do próximo ano.

As primeiras sondagens em Itália indicam que o partido do antigo primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi pode ter vencido as eleições regionais deste domingo na ilha de Sicília. Nello Musumeci, o candidato de direita apoiado pelo antigo chefe do Executivo italiano, terá conseguido entre 35 a 40% dos votos, antecipando uma eventual vitória do partido nas legislativas do próximo ano.

Silvio Berlusconi pode estar mais perto de garantir uma entrada com pé direito nas eleições legislativas convocadas para o próximo ano. As sondagens mostram que nas eleições deste domingo em Sicília, vistas como um ensaio geral para 2018, a aliança do partido de Silvio Berlusconi (Força Itália) com o movimento anti-imigração Liga Norte e os nacionalistas Irmãos de Itália, conseguiram levar a melhor e relegar o partido populista e extremista Movimento 5 Estrelas, liderado por Beppe Grillo, para segundo lugar.

Giancarlo Cancelleri, o candidato do partido de Beppe Grillo terá conseguido entre 33 a 37% dos votos. Já o Partido Democrata (PD) do antigo primeiro-ministro Matteo Renzi terá conseguido apenas o terceiro lugar nestas eleições.

No domingo, mais de 4,5 milhões de eleitores foram chamados às urnas para eleger o próximo governador de Sicília, naquela que é considerada a última eleição importante antes das eleições legislativas do próximo ano. A confirmar-se a vitória do partido de Silvio Berlusconi, o antigo primeiro-ministro de 81 anos e quatro vezes eleito para o cargo, pode voltar a marcar presença nas legislativas de 2018. (Jornal Económico)

DEIXE UMA RESPOSTA