OMA firme na luta contra o VIH/SIDA e cancro da mama

CUANDO CUBANGO: ROSA CACUHU - 1ª SECRETÁRIA DA OMA (Foto: Angop)

A primeira secretaria provincial da Organização da Mulher Angolana (OMA) no Cuando Cubango Rosa Cacuhu, afirmou hoje, sexta-feira, em Menongue capital da província, que a organização continua cada vez mais firme na luta contra VIH/SIDA e o cancro da mama, visando a redução das enfermidades na camada feminina, principalmente.

Rosa Cacuhu fez esta reafirmação quando falava na abertura da III reunião Ordinária do Comité provincial da OMA, onde estão ser apresentados, discutidos aprovados e o relatório das actividades desenvolvidas pelo comité.

Segundo a responsável, a mulher angolana é por excelência lutadora pelo que vem conquistando o espaço que é de direito com destaque para a luta contra o analfabetismo e a violência doméstica.

Referiu que ao longo dos anos a OMA afirmou-se como a maior organização feminina angolana e, aquela com maior história erradicação na luta pela defesa dos interesses da mulher angolana, pela sua emancipação e igualdade de direito.

Lembrou que as mulheres conhecem como é grande o desafio que se coloca para o país e as mulheres, tendo em vista a consolidação da paz a unidade e a reconciliação nacional, a construção de um estado democrático e de direito.

Sublinhou que aquela organização defende a educação a formação e a capacitação permanente em todas as vertentes da vida política, económica, cultural e social como factores essenciais para o desenvolvimento do país.

Consta da agenda do encontro que termina esta tarde, onde participam mais de 200 mulheres, o preenchimento de vaga existente no comité provincial, entrega de medalhas (Deolinda Rodrigues) em duas militantes, apresentação, discussão e aprovação do relatório das actividades desenvolvidas pelo comité da OMA, aprovação do plano de actividades, entre outros assuntos. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA