Moxico: Hospital Geral registou oito mortos

Hospital geral do Moxico (Foto: David Dias)

Oito pessoas morreram, no Hospital Geral do Moxico (HGM), nos últimos sete dias, menos quatro óbitos em comparação a igual período anterior, informou nesta sexta-feira, no Luena, o chefe do Banco de Urgência da unidade hospitalar, Júlio Pedro Mendes.

O responsável esclareceu que os pacientes foram vítimas de VIH/Sida, de tuberculose, anemia, diabetes, doenças diarreicas agudas, má nutrição e insuficiência respiratória.

No período em referência, o “HGM” atendeu 806 pacientes, dos quais 54 transferidos para a pediatria, 44 para a medicina, 14, cirurgia, sete, ortopedia, dois, bloco operatório e um caso nos cuidados intensivos.

Júlio Mandes apontou a malária, as doenças diarreicas agudas, bronco pneumonia, hipertensão arterial e febre tifoide, como as patologias mais frequentes na maior instituição sanitária da província. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA