May acusa Rússia de “plantar fake news”. “Sabemos o que estão a fazer”

Theresa May (DR)

O Kremlin tem sido acusado de interferir em processos de diferentes países do ocidente nos últimos anos.

Theresa May teceu duras críticas à Rússia de Putin.

O discurso aconteceu num jantar de cerimónia em honra do Lord Mayor de Londres (um cargo mais diplomático e social do que político), Charles Bowman, em que a líder britânica criticou a “escala e natureza” das ações russas.

Dá conta o The Guardian de que Theresa May, nas palavras da prórpia, deixou “uma simples mensagem para a Rússia”.

“Nós sabemos o que estão a fazer. E não vão ser bem sucedidos. Porque subestimam a resiliência das nossas democracias”.

Criticando a procura de usar a informação como arma, May acusou o Kremlin de recorrer a agências patrocinadas pelo estado para “plantar” ‘fake news’ (notícias falsas) e imagens editadas, “numa tentativa de fomentar a discórdia”.

Uma fonte de Downing Street explicou ao The Guardian que a dura intervenção da primeira-ministra britânica não foi uma resposta a uma questão em concreto, mas uma reação às já numerosas acusações de que a Rússia tem sido alvo.

May especificou vários casos desde que a Crimeia foi anexada pelos russos, ainda em 2014.

Além das críticas às ‘fake news’, Theresa May apontou ainda ataques informáticos a instituições de países europeus, alegadamente levados a cabo por hackers russos. (Notícias ao Minuto)

por Pedro Filipe Pina

DEIXE UMA RESPOSTA