Lunda Sul: Governo busca experiência da Igreja Católica na gestão das escolas

LUNDA SUL: ERNESTO KITECULO- GOVERNADOR PROVINCIAL (FOTO: HÉLDER DIAS)

O governo da província da Lunda Sul vai trabalhar em parceria com a Igreja Católica no sentido de buscar a sua experiência de gestão das escolas e na implementação de programas que visam a melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem.

O desejo foi manifestado pelo governador local, Ernesto Kiteculo, durante o encontro com os professores que visou auscultar as preocupações da classe, tendo justificado que as escolas geridas pela Igreja Católica têm boas referências no que toca a gestão e formação do homem como cidadão e académico.

“Queremos contar com a contribuição da Igreja Católica. Queremos saber e aprender como é que as irmãs gerem as escolas e que tipo de didáctica oferecem no sentido de melhorar o ensino e aprendizagem, para formarmos na província quadros competentes e qualificados”, disse.

Por outro lado, anunciou que o governo local vai criar condições para que, a partir do ano lectivo 2018, se crie na província um prémio para o melhor professor do ano, com vista a estimular a classe docente.

Explicou que a votação do melhor professor será feita de forma secreta, por uma comissão a ser criada caso se concretize o projecto.

Ernesto Kiteculo disse que no próximo ano, a conclusão das escolas inacabadas será uma prioridade do governo local, com vista o combate da superlotação nas salas de aulas e evitar que crianças estudem ao ar livre.

Na mesma ocasião, o governante encorajou os professores a superarem-se academicamente para melhorar o exercício das suas funções. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA