Liberdade primeiro ganho do povo angolano – afirma político

Segundo secretário do MPLA em Luanda, Mário Pinto de Andrade (Foto: Lucas Neto)

A liberdade do povo angolano é o primeiro ganho conquistado depois de 42 anos de opressão colonial, destacou hoje, quinta-feira, o segundo secretário provincial do MPLA de Luanda, Mário Pinto de Andrade.

O político destacou o facto durante uma palestra que presidiu com o tema “Os Ganhos da Independência Nacional” dirigida à Organização da Mulher Angolana (OMA) de Luanda, para saudar os 42 anos da independência nacional, a ser comemorado sábado (11/11).

Mário Pinto de Andrade realçou que com a independência, o povo angolano recuperou a terra conquistada pelos portugueses durante o julgo colonial.

No que concerne ainda aos outros ganhos da independência, o prelector apontou a formação de quadros que visou pôr fim ao analfabetismo, a implementação do multipartidarismo, a reconciliação nacional, a inclusão socioeconómico, a nova constituição e a diplomacia activa.

Fez saber ainda que a nível internacional, o país auxiliou na proclamação da independência da Namíbia e o fim do apartheid na África do Sul.

Destacou que são vários os ganhos que o país conquistou e que os angolanos devem se orgulhar.

Por sua vez, a secretária em exercício da Organização da Mulher Angolana (OMA) de Luanda, Luísa Moniz, frisou que o objectivo da actividade consistiu em engrandecer os benefícios que as mulheres também adquiriram com a proclamação da independência.

“A independência facilitou na formação de muitas mulheres”, assegurou. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA