Lançado Prémio SADC de Jornalismo 2018

MINISTRO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL, JOÃO MELO, FALA SOBRE O LANÇAMENTO DO PRÉMIO SADC DE JORNALISMO (FOTO: PEDRO PARENTE)

O Prémio SADC de Jornalismo2018, que visa reconhecer os melhores trabalhos jornalísticos dessa região de África, foi lançado oficialmente nesta quarta-feira, em Luanda.

Com esse passo, os jornalistas angolanos interessados em concorrer podem submeter trabalhos jornalísticos de reportagem e artigo no Centro de Imprensa Anibal de Melo, Centro de Formação de Jornalistas e no Ministério da Comunicação Social, até 27 de Fevereiro de 2018.

O Prémio SADC de Jornalismo 2018, apresentado em cerimónia orientada pelo ministro da Comunicação Social, Aníbal João da Silva Melo, tem como novidade, este ano, o aumento do valor a atribuir aos vencedores das distintas categorias.

Nesse sentido, a organização prevê atribuir ao primeiro classificado dois mil e 500 dólares, ao contrário dos dois mil habituais. O segundo classificado receberá mil dólares.

Os trabalhos a concurso devem ser apresentados numa das línguas de trabalho da SADC (inglês, francês e português, bem como em qualquer língua indígena nacional da região), e remetidos conjuntamente com a transcrição em uma língua da organização.

Devem ser publicados, por via de radiodifusão, recortes de jornal, wbsites, revistas, CD de áudio e boletins informativos.

Ao apresentar o prémio, o responsável do Comité Regional de Adjudicação, Júlio Mendonça, informou que a cerimonia de entrega dos prémios será realizada durante a sessão de abertura da 38ª Cimeira dos Chefes de Estados e de Governo, a ter lugar na República da Namíbia.

Encorajou a classe a participar do concurso e a fazer o uso das línguas nacionais, para promover a intercomunicação local, nacional e regional, colocando a comunicação à disposição das comunidades.

Dessa forma, referiu, permitiria uma articulação e o desenvolvimento de uma cultura regional tolerante, multicultural, multiétnica e multilinguística no contexto global.

A esse mesmo respeito, o vencedor do Prémio SADC 2017, na categoria de Rádio, o angolano Aristides Kito, apelou aos jornalistas para participarem no prémio, de forma a ajudarem no desenvolvimento cultural e económico do país.

O profissional da Rádio Nacional de Angola encorajou a classe a apostar no jornalismo de investigação.

Assistiram a cerimónia, além do Ministro da Comunicação Social, o secretário de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneke, o director nacional da Comunicação Social, Rui Vasco, presidentes dos conselhos de administração e administradores das empresas públicas do sector, bem como jornalistas. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA