Jovem tenta vender carro furtado para policiais e acaba preso em flagrante

(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Veículo era ofertado por R$ 2,5 mil

Um rapaz, de 29 anos, foi preso no fim da manhã desta quinta-feira (9), no bairro Sitio Cercado, por policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFRV), ao tentar vender um veículo Gol vermelho, furtado no dia 7 de abril deste ano.

A polícia chegou até o rapaz investigando grupos de compra e venda de veículos furtados, roubados, adulterados ou com dívidas tributárias ou bancárias, os chamados “pizeiras”. Ao identificar um grupo, os policiais mostraram interesse na compra do carro e marcaram um local para ver o veículo, que era ofertado por R$ 2,5 mil.

No horário marcado, o suspeito chegou com o Gol, que estava com placas frias. O rapaz recebeu voz de abordagem e em uma verificação no carro, constataram que o chassi havia sido adulterado. Pelos outros sinais identificadores, foi possível confirmar, no entanto, que realmente se tratava de um carro com registro de furto.

Diante da situação, o rapaz, que não tinha antecedentes criminais, foi encaminhado junto com o veículo para a DFRV. Ele foi autuado por receptação e venda de veículo adulterado. O veículo será submetido a uma perícia técnica antes de ser devolvido ao proprietário, por apresentar sinais de adulteração.

A polícia faz um alerta em relação a aquisição de carros ofertados pelas redes sociais e grupos na internet. “É preciso desconfiar de ofertas e descontos grandes, e se certificar de que a documentação é verdadeira. A pessoa que comprar um carro irregular, ou ser flagrada, poderá responder criminalmente”, falou o delegado responsável pelo caso, Herculano Augusto de Abreu. (Band B)

DEIXE UMA RESPOSTA