Jovem que matou adolescente a tiros em Goiás tenta suicídio na prisão

(© iStock)

Misael teria tentado se enforcar com roupas, diz advogado; delegada nega versão

O jovem Misael Pereira Olair, que matou com 11 tiros a estudante Raphaella Novinski, em Alexânia (GO), teria tentado se matar dentro da cela onde está preso. A afirmação é do advogado Joel Pires de Lima, responsável pela defesa Davi José de Souza, apontado como cúmplice de Misael no crime. As informações são do Correio Braziliense.

Misael teria tentado se enforcar com roupas, segundo o que Davi contou ao advogado. “Foi quando ele estava dormindo. O meu cliente acordou assustado. Disse, ainda, que Misael teria pedido aos guardas que o soltassem em qualquer local para ele se matar”, diz Lima.

No entanto, a delegada responsável pela investigação, Rafaela Azzi, nega a informação. “Eu interroguei Misael hoje [quarta-feira, 8]. Em nenhum momento ele ou algum agente relatou uma situação dessa natureza”, explicou.

A dupla divide a mesma cela desde a última segunda (6), quando tiveram prisão preventiva decretada. Lima informou que o cliente solicitou a transferência para outra cela. “Davi está com medo que uma possível morte do Misael possa cair em cima dele. Por isso o pedido”, explicou. (Notícias ao Minuto BR)

DEIXE UMA RESPOSTA