Já passa de 400 número de mortos por terremoto no Médio Oriente

(REUTERS/ Tasnim News Agency)

Já passa de 400 o número de pessoas mortas em decorrência do terremoto que sacudiu a fronteira do Irão com o Iraque no último domingo, 12, segundo informaram as autoridades locais. O número de feridos é de aproximadamente 6.600.

Na noite de ontem, um abalo de magnitude 7,3 atingiu a região iraquiana do Curdistão, com epicentro localizado a pouco mais de 30 quilómetros da cidade de Halabja, a 33,9 quilómetros de profundidade, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O tremor foi tão forte que chegou a ser sentido em diversos países da região, como Israel, Kuwait e Turquia.

De acordo com a média local, o maior número de vítimas se concentra no Irão, onde equipes de busca ainda trabalham ininterruptamente para remover destroços de vários edifícios e estruturas destruídas pelo fenómeno. A expectativa é a de que o número de vítimas aumente na sequência desse que já é o terremoto mais mortal de 2017.

Em nota, a Secretaria-Geral das Nações Unidas lamentou a tragédia e ofereceu apoio para ajudar no que for preciso aos países afectados pelo tremor. (Sputnik)

DEIXE UMA RESPOSTA