Futebol: bi-campeão fracassa na última jornada diante do Kabuscorp

Jogo 1º de Agosto e Kabuscorp(Arquivo) (Foto: António Escrivão)

A equipa do 1º de Agosto terminou o campeonato nacional de futebol da primeira divisão, com derrota diante do Kabuscorp do Palanca por 1-2, em partida referente a 30ª jornada, disputado no estádio 11 de Novembro.

Já com o título garantido, a formação Rubro-Negra, sem qualquer pressão, entrou determinada a fechar a época com “chave de ouro” tomando as regras do jogo e criando assim varias oportunidades de golo.

Decorridos 13 minutos, os “militares” inauguraram o marcador na sequência de um livre cobrado por Diogo Rosado, na entrada da grande área, onde guarda-redes Elber foi incapaz de acompanhar a trajectória da bola.

Galvanizados, os comandados de Dragan Jovic, procuravam subir as suas linhas ofensivas sem receio com vontade de ampliar o marcador com Rambé e Vado a serem os principais obreiros da equipa.

Aos 39 minutos Paizo assistiu Show, livre de marcação mas faltou discernimento para finalizar com êxito, para a tristeza dos adeptos do emblema militar.

No reatar da partida, a formação do palanca entrou mas aguerrida a tentar organizar o sector mas avançado, culminando com sucessivas trocas de bola no seu meio campo.

Esse foi o melhor momento do Kabuscorp, pois, com muita dificuldade, criavam algumas oportunidades, mas a falta de pontaria nos avançados dificultava a concretização das jogadas.

Passados 59 minutos Lami, foi incapaz de aproveitar da melhor forma o cruzamento tirado por Magola, rematou a escassos metros da baliza defendida por Julião.

Em resposta, Geraldo recem entrado ofereceu outra dinâmica ao sector mas avançado dos “militares”, após cabecear para a defesa apertada de Elber na sequência do cruzamento tirado por Nelson Luz.

No período sequente, o kabuscorp soube aproveitar o erro de marcação do seu adversário, explorando o seu pendor individual com Lami e Jacques a importunar o bloco defensivo dos militares.

Aos 88 minutos a formação do palanca iguala o marcador por intermédio de Lami que mesmo com oposição rematou forte sem dar hipóteses ao guardião, Julião.

Dai o kabuscorp passou acreditar no seu pendor ofensivo, pressionando o reduto mas recuado do adversário.

Já no tempo extra (92′), caiu o “pano” para o campeão nacional, após o kabuscorp dar a volta ao marcador por intermédio de Luís Tati, na sequência de um livre.

Com este resultado, os bi-campeões nacionais terminam a época com 65 pontos, enquanto o Kabuscorp do Palanca fica na sexta posição com 50. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA