Executivo vai prestar maior atenção a Cabinda

CABINDA: PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOÃO LOURENÇO (FOTO: PEDRO PARENTE)

Um maior enfoque para a situação sócio-económica da província de Cabinda deverá ser prestado, nos próximos meses, pelo Executivo angolano para reverter o actual quadro de dificuldades em sectores como o dos transportes, energia, águas e da saúde.

Segundo o Presidente da República, João Lourenço, que falava nesta quarta-feira na abertura da 1ª sessão ordinária da Comissão Económica do Conselho de Ministros, a partir dessa visita “vamos considerar Cabinda uma província prioritária”.

No quadro dos projectos em implementação para a província mais ao Norte do país, o Titular do Poder Executivo destacou a a necessidade de se concluir, em tempo útil, as obras de reabilitação do hospital provincial, das estradas, da estação de tratamento de água do Sassa-Zau e do terminal marítimo de passageiros.

“Senhor governador tem o nosso apoio para vencer essa batalha do desenvolvimento”, afirmou o Presidente da República.

A sessão da Comissão Económica, que está reunida em Cabinda, traz na sua agenda de trabalho, entre outros pontos, memorando sobre o ponto de situação dos projectos da província de Cabinda e tarifas de transporte aéreo na rota de Cabinda.

Constam igualmente da agenda, a proposta do plano de caixa do mês de Novembro de 2017, memorando sobre o enquadramento nas carreiras e passagem à reforma dos funcionários dos departamentos ministeriais que foram objecto de fusão, cisão ou extinção.

A deslocação do Presidente da República a Cabinda é a segunda a uma província do país, desde que assumiu a chefia do Estado angolano a 26 de Setembro último.

A primeira foi ao Huambo na abertura da campanha agrícola 2017/2018. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA