EUA realizarão exercícios com 3 porta-aviões durante visita de Trump à Ásia

Diplomatas dos EUA, Coreia do Sul e Japão reúnem-se em Seul (DR)

Três grupos de ataque de porta-aviões dos Estados Unidos farão exercícios conjuntos no Pacífico Ocidental nos próximos dias, uma demonstração de força rara realizada no momento em que o presidente Donald Trump visita a Ásia com alertas contra a ameaça nuclear da Coreia do Norte, disseram autoridades dos EUA.

O exercício incluirá o USS Nimitz, o Ronald Reagan, o Theodore Roosevelt e os navios de guerra que os acompanham, a primeira vez em uma década em que 3 grupos de ataque de porta-aviões norte-americanos se exercitam juntos na região.

Um destróier japonês, o Inazuma, se juntará à armada, disseram dois funcionários do governo do Japão, depois de um exercício separado de três dias com o Reagan e dois navios de guerra indianos no Mar do Japão que terminou na segunda-feira.

Autoridades dos EUA já haviam dito que as manobras estavam em estudo e que o planejamento estava em curso. A decisão de realizar o exercício logo no Pacífico Ocidental não foi divulgada com antecedência.

Os quatro funcionários norte-americanos e as duas fontes japonesas que debateram o exercício falaram sob condição de anonimato e não
revelaram sua data ou seu local exato. O Pentágono e a Frota do Pacífico da Marinha dos EUA não quiseram comentar operações futuras.
Neuer InhaltHorizontal Line (Reuters)

DEIXE UMA RESPOSTA