Equipas disputam presença na final

Jogo entre o Petro e o 1º de Agosto (Arq) (DR)

Progresso Sambizanga-1º de Agosto e FC Bravos do Maquis-Petro de Luanda disputam hoje, em Luanda e no Luena, os jogos da segunda “mão” das meias-finais da Taça de Angola em futebol.

No primeiro jogo a equipa do Sambizanga enfrenta os militares do Rio Seco, às 16h00 no Estádio Municipal dos Coqueiros. É obrigada a vencer para continuar na luta pelo troféu.

O conjunto rubro e negro precisa apenas de uma igualdade para assegurar a presença na final e tentar a “dobradinha”. O jogo prevê-se equilibrado, com maior dose de favoritismo para o 1º de Agosto.
Na quarta-feira os militares venceram por 3-2 no Estádio Nacional 11 de Novembro, para a primeira “mão” das meias-finais.

No outro desafio, o FC Bravos do Maquis recebe o Petro, às 15h00, no estádio Jones Kufuna “Mundunduleno”. Depois da vitória na semana passada, os tricolores estão em melhores condições de se qualificar para a final, ao passo que os maquisardes têm a difícil tarefa de marcar três golos, contra nenhum dos adversários.

É uma missão hercúlea para os anfitriões, que recepcionam um opositor motivado em chegar à última fase da competição. Os tricolores estão em vantagem na eliminatória e precisam somente de um empate ou, na pior das hipóteses, perder por uma bola a zero.

Na primeira “mão”, o Petro venceu na quinta-feira passada o FC Bravos do Maquis, por 2-0, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, com golos de Tiago Azulão e Job. O Recreativo do Libolo, detentor do troféu, foi afastado pelo Santa Rita de Cássia do Uíge.

Para chegar às meias-finais, o FC Bravos do Maquis afastou o 1º de Maio de Benguela, enquanto o Petro de Luanda eliminou o Santa Rita de Cássia. (Jornal de Angola)

DEIXE UMA RESPOSTA