Cuanza Norte: Cambambe necessita de pelo menos 252 técnicos de Saúde

Centro de Saúde do Dondo (Foto: Diniz Simão)

O sector da Saúde no município de Cambambe, província do Cuanza Norte, necessita de pelo menos 252 técnicos, entre médicos, enfermeiros e administrativos, para assegurar o funcionamento integral do sector em toda extensão da circunscrição, fez saber hoje (segunda-feira), no Dondo, o director municipal da Saúde, Miguel Coxe Simão.

Em declarações à Angop, a fonte apontou a necessidade de mais 10 médicos de diferentes especialidades, de 176 enfermeiros, 35 auxiliares e administrativos, para atender a demanda da população local.

Referiu que tal cobertura irá contribuir para o descongestionamento do hospital municipal e do centro de saúde de referência do Dondo, mantendo a funcionalidade ininterrupta das várias unidades espalhadas pela região.

Precisou que o sector no município é assegurado por 351 técnicos, sendo 14 médicos, dos quais sete angolanos, 170 enfermeiros e restante pessoal administrativo e de apoio, números que considerou exíguos, para atender a população local.

Perante tal realidade, explicou, muitos enfermeiros são obrigados a atender entre dois a três postos de saúde, em dias alternados, o que dificulta a prestação de uma assistência de qualidade aos pacientes.

Na perspectiva de desafogar o hospital, a Direcção da Saúde tem desenvolvido uma campanha de assistência preventiva às comunidades, durante as quais são distribuídos medicamentos e redes mosquiteiras, para prevenção das doenças mais frequentes, sobretudo, a malária e as diarreias.

Miguel Simão indicou que, diariamente, o hospital municipal atende mais de 170 pacientes com diversas patologias, nas consultas externas, sem contudo revelar o atendimento do banco de urgência.

Presentemente, o município de Cambambe dispõe de uma rede sanitária, constituída por 26 unidades, entre as quais um hospital municipal, cinco centros de saúde e restantes postos, nas diversas aldeias das comunas de Dange Ya Menha, de Massangano, de São Pedro da Quilemba e do Zenza do Itombe.

O municipio do Cambambe é habitado por 90 mil e 766 populares, sendo que o hospital municipal tem capacidade para 60 camas, incluindo cinco centros de Saúde e 20 postos, distribuídas nas comunas de Dange-Ya-Menha, de Massangano, de São Pedro da Quilemba e do Zenza do Itombe. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA