Comunidade da Kissomeira clama por serviços sociais básicos

ISAÍAS SACAGIMA, DIRECTOR PROVINCIAL DA EDUCAÇÃO (FOTO: HÉLDER DIAS)

A má conservação e a falta de manutenção das escolas, bem como a superlotação nas salas de aulas, está a preocupar a Direcção Provincial da Educação na Lunda Sul, por condicionar a qualidade de ensino e aprendizagem na circunscrição.

A preocupação foi manifestada, em Saurimo, pelo director provincial da Educação, Isaías Sacagima, durante o encontro entre o governador com os professores, que visou auscultar as preocupação da classe.

Entre as preocupações do sector, Isaías Sacagima apontou a actualização e promoções de categoria de forma regular, para evitar a falta de motivação por parte dos docentes, falta de corpo protector para garantir a segurança do património das escolas e reabilitação da escola de formação de professores.

O sector, prosseguiu, debate-se igualmente com a falta de material didático para as escolas do ensino primário, iluminação nas instituições do ensino secundário, atraso no pagamento dos subsídios dos alfabetizadores, fraco envolvimento dos encarregados de educação na formação dos filhos, absentismo dos professores colocados nas comunidades rurais por falta de transportes.

O sector necessita de dois mil e 768 professores, 350 alfabetizadores, bem como de ingresso de novos inspectores e supervisores, para a melhoria da fiscalização dos serviços prestados pelos docentes.

O responsável defendeu a necessidade de se continuar a envidar esforços para a conclusão das escolas que estão a ser erguidas na província.

Aproveitou a ocasião para enaltecer o trabalho desenvolvido pelos professores, contribuindo para que muitos alunos do ensino primário aprendam a ler e escrever, mesmo com as dificuldades que algumas escolas enfrentam.

Encorajou os professores no sentido de continuarem com o mesmo empenho, entrega e espírito patriótico, com vista o alcance da qualidade de ensino e aprendizagem que se pretende ao nível da província. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA