Comerciantes de Saurimo solicitam notas de menor valor facial

A moeda metálica de 20 kwanzas faz parte da nova família do kwanza lançada há quatro anos (Foto: Lino Guimarães)

Os agentes comerciais e consumidores da província da Lunda Sul solicitaram hoje, sexta-feira, na cidade de Saurimo, ao Banco Nacional de Angola (BNA) a colocação no mercado de mais notas de menor valor facial para facilitar na entrega de trocos.

Durante uma ronda efectuada pela Angop, os agentes comerciais disseram que a falta de notas de menor valor facial tem causado muitos transtornos na altura de entregar o troco ao cliente sendo que muito deles abandonam a loja sem levar o produto e procuram outro estabelecimento comercial.

O gerente de restaurante João Luanda sublinhou que a falta de trocos tem embaraçado o normal funcionamento do comércio na região.

Segundo o gerente, o uso de Terminal de Pagamento Automático (TPA) tem facilitado na questão dos trocos, mas muitos dos clientes não utilizam cartão multicaixa.

Fez saber que na falta de notas de menor valor facial, algumas lojas entregam produtos no valor do troco, mas há clientes que exigem o valor monetário.

Já Txifutxi Agostinho, proprietário de uma barbearia, revelou que já se envolveu briga com clientes por falta de troco.

“No meu estabelecimento não havia notas de menor valor facial para dar o troco, então tive de ir buscar numa loja ao lado, por causa da demora para ressarcir a diferença o cliente partiu para troca de palavras e depois para o contacto físico”, narrou.

Por sua vez, o munícipe Eduardo Banino frisou que a falta de notas de menor valor facial tem dificultado na aquisição de bens alimentares, principalmente.

Reprovou a atitude de muitos comerciantes que ao invés de facultar trocos, “obrigam” os clientes a consumir bolachas ou rebuçados.

Essa situação, salientou, tem gerado tumultos e outros problemas no recinto comercial, intervencionado, por vezes, pela Polícia Nacional.

A vendedora ambulante Marlene Txigica, no mesmo diapasão, confirmou que a falta de trocos prejudica em grande medida a venda do seu negócio.

“Os bancos comerciais devem colocar em circulação mais notas de menor valor facial, para ajudar os vendedores a entregar o troco aos clientes”, exortou. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA