Chuva de quarta-feira à noite em Luanda causa duas mortes

Chuva em Luanda (Foto: Lino Guimarães)

A chuva que caiu na noite de quarta-feira, na capital do país, Luanda, provocou a morte de duas pessoas no município de Icolo e Bengo e destruição de nove residências na Boavista (Ingombota) e na Funda (Cacuaco).

Estes dados foram divulgados hoje, quinta-feira, no final de uma reunião de emergência do Governo Provincial de Luanda, orientada pelo governador, Adriano Mendes de Carvalho, onde foi avaliado os efeitos das enxurradas.

Registou-se também inundações de residências nos municípios de Luanda, Kilamba-kiaxi, Belas, Viana, Talatona, Cazenga e Cacuaco.

O documento refere ainda que, não obstante as medidas em curso no domínio de limpeza de valas de drenagem e recolha de lixo, há necessidade de mobilizar recursos financeiros e materiais para, no quadro das medidas previstas no Plano Ditector Metropolitano de Luanda, realizar projectos já identificados.

As autoridades da província exortam aos munícipes a deixarem de construir em zonas consideradas de risco, tendo recomendado o empenho dos administradores municipais e estruturas técnicas a mobilização de meios, com vista a acudir situações mais graves que garantam a reposição da normalidade urbana.

As chuvas duraram cerca de duas horas e causaram transtorno no trânsito automóvel com longas filas e viaturas avariadas, devido à quantidade de água nas vias principais de acesso ao centro da cidade e periferia.

Com mais de seis milhões de habitantes, fazem parte da capital angolana os municípios de Luanda, Cacuaco, cazenga, Viana, Kilamba-Kiaxi, Viana, Talatona, Belas, Icolo e Bengo e Quiçama. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA