Ler Agora:
Chefe do Governo espanhol prepara visita a Angola
Artigo completo 3 minutos de leitura

Chefe do Governo espanhol prepara visita a Angola

O embaixador de Espanha, Manuel Hernández Ruigomez, confirmou que está em preparação a deslocação a Luanda do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, prevista para o próximo ano.

O diplomata frisou que a vinda do Chefe do Governo espanhol é mais um sinal da confiança nas relações entre os dois países, que são consolidadas todos os dias.

A informação foi avançada ontem, no Palácio Presidencial da Cidade Alta, em Luanda, pelo novo embaixador de Espanha em Angola, Manuel Hernández Ruigomez, depois de apresentar as cartas credenciais ao Presidente João Lourenço.

O diplomata realçou a “atmosfera idónea criada por Angola para a prosperidade das empresas, para o impulso nos negócios e para o crescimento” económico. “Não há melhor fórmula para aprofundar no desenvolvimento do que fazê-lo através do fomento ao investimento”, disse, para sublinhar a importância da estabilidade política e dos mínimos mecanismos de segurança jurídica.

Acordo sobre segurança
Angola e Espanha assinam, nos próximos dias, um novo acordo de cooperação em matérias de segurança e ordem interna, que vai actualizar o anterior acordo celebrado em Madrid, em Junho de 1997.

Os ministros do Interior dos dois países assinaram, em 2014, em Madrid, um plano de execução para cooperação em matéria de segurança interna. O plano abrange as áreas de formação e assessoria técnica em matéria policial, migratória, penitenciária, protecção civil, protecção de fronteiras e combate à imigração ilegal. A Espanha está a transmitir a sua experiência em treino e fornecimento de equipamento de vigilância fronteiriça.

Na área da protecção civil, os dois países trabalham em conjunto sobre as respostas às calamidades naturais, tecnológicas e capacidade de reacção face às emergências, resgate e salvamento. Angola e Espanha decidiram igualmente incrementar a assessoria técnica também para a construção de estabelecimentos penitenciários, políticas de reabilitação e assistência social.

As relações entre Angola e Espanha têm origem nos primórdios da independência e concretizaram-se em princípios de 1977 com o estabelecimento de relações diplomáticas. No actual contexto, a Espanha desempenha um papel preponderante no processo de reconstrução nacional, crescimento e desenvolvimento económico do país. Mais de 60 empresas espanholas estão instaladas em Angola. A Espanha figura do leque de países que desde muito cedo apoiaram Angola na preservação da sua independência. Um dos destaques da presença espanhola é a participação no Plano Nacional de Geologia (Planageo), lançado em Maio de 2014, através da firma Impulso, que integra um consórcio com o Instituto Geológico e Mineiro de Espanha e o Laboratório Nacional de Energia e Geologia de Portugal. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »