Após polêmica, Temer pede para Torquato evitar novas declarações

Presidente Michel Temer em evento em Brasília. ADRIANO MACHADO (REUTERS)

Presidente pediu para o ministro ficar quieto

Após a polêmica fala do ministro da Justiça, Torquato Jardim, sobre os comandantes de batalhão da Polícia Militar, o presidente Michel Temer (PMDB) pediu ao ministro para não dar novas declarações.

Temer pediu para Torquato ficar quieto e quis aproveitar o feriado para baixar as discussões sobre o assunto, segundo o blog do Camarotti, do G1.

Nesta quinta-feira (2), Temer teria demonstrado perplexidade com as declarações do ministro da Justiça, mas não falou em nenhum momento da possibilidade de exonerar Torquato Jardim.

Interlocutores ouvidos pelo blog revelaram que a maior preocupação de Temer é de manter pontes com o governo do Rio de Janeiro depois do estresse desse episódio, para manter a parceria na área de segurança pública com o estado.

No entanto, Temer reconhece que será difícil retomar o diálogo institucional entre o governador Luiz Fernando Pezão e Torquato Jardim.

Ainda segundo o blog, Pezão foi informado de que a interlocução para essa parceria será feita preferencialmente com os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen. (Notícias ao Minuto BR)

DEIXE UMA RESPOSTA