Direcção do Hospital Municipal de Viana suspensa

HOSPITAL MUNICIPAL DE VIANA (FOTO: PEDRO PARENTE)

Os membros de direcção e funcionários do Hospital Municipal de Viana, no bairro Kapalanga, foram suspensos temporariamente, por estarem envolvidos na morte de um cidadão de 31 anos de idade por suposta negligência médica.

No despacho assinado hoje pelo governador da Província de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, refere-se que durante a instrução do processo de inquérito os envolvidos estão suspensos de qualquer tipo de funções e serviços.

Para apurar os factos, foi criada uma comissão de inquérito do Hospital Municipal de Viana encarregue de proceder a instauração e instrução do processo, coordenada pela médica Paula Barbeiro e integrada pelos médicos Álvaro António Pedro, Martinho Costa, Júlia Denise, Águeda Silili e Dinis Hungulo.

“A comissão criada deve reportar ao governador da província o andamento do processo e trabalhar em estreita colaboração com a comissão do Ministério da Saúde”, indica a nota.

O Ministério da Saúde ordenou quinta-feira a constituição de uma comissão de inquérito para apurar os factos ocorridos no último domingo, no Hospital Municipal de Viana. Coordenada pelo inspector-geral da Saúde, António Armando, integra representantes das ordens dos Médicos e dos Enfermeiros e do Gabinete Província da Saúde.

A comissão deverá, no prazo de 15 dias, apresentar um relatório com indicações precisas dos factos e emitir recomendações para prevenir ocorrências de situações semelhantes no futuro. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA