Cuanza Sul: Autoridades tradicionais clamam pela reabilitação do troço rodoviária Eval Guerra/Gungo

Estradas em Ambaca serão terraplanadas (Arquivo). (Foto: Francisco Muxibo)

As autoridades tradicionais da comuna do Gungo, município do Sumbe, província do Cuanza- Sul, solicitaram hoje, quarta-feira, uma intervenção urgente no troço rodoviário Eval Guerra/Gungo, num percurso de 25 quilómetros.

Em declarações à imprensa , os sobas afirmaram que a estrada, que liga o cruzamento Eval Guerra/ Gungo, está degradada e provoca transtorno na circulação de viaturas, neste período chuvoso.
Para o soba Matias Alfredo, é necessário que as estruturas públicas competentes reparem a estrada, pois com o início das chuvas será impossível circular naquela via.

Referiu que a comuna é potencialmente agrícola, mas devido ao mau estado da estrada há pouco investimento na localidade.

Já o soba Bernardo Eduardo disse que devido aépoca chuvosa apenas as motorizadas conseguem chegar à sede comunal, devido ao mau estado da estrada, por isso, solicita as entidades de direito no sentido de reabilitarem a estrada, tendo em conta as trocas comerciais entre o campo e a cidade.

Por sua vez, Alberto Gouveia, também soba local,referiu que a estrada encontra-se com ravinas e que viaturas sem tração não conseguem chegar à sede comunal.

Fez saber que administração municipal já foi notificada sobre a situação e que aguarda uma intervenção .

A comuna do Gungo dista a 120 quilómetros da cidade do Sumbe e possui uma população estimada em cerca de 15 mil habitantes. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA