Três pessoas são assassinadas em SP em menos de 4 horas

Assassino é flagrado momentos antes de atirar em analista de sistemas em Santo Amaro (Foto: Reprodução/TV Globo)

Morador de rua, um travesti e um jovem que saia da balada foram mortos. Ninguém foi preso.

rês pessoas morreram entre a madrugada e manhã desta quinta-feira (7) em São Paulo. Em menos de quatro horas, um morador de rua, um travesti e um jovem foram assassinadas.

Taleson Henrique de Souza Santos, de 26 anos, foi baleado na cabeça na esquina das ruas Carmo do Rio Verde e Luiz Seraphico Júnior, no Jardim Caravelas, em Santo Amaro, na Zona Sul. Ele foi abordado quando saia da balada. A vítima se assustou e saiu com o carro e foi baleado. As câmeras de segurança registraram o momento em que o carro da vítima, que já tinha sido baleada, passa pela esquina e bate em um portão.

O travesti Romario Onorio da Silva, de 38 anos, estava com os dois amigos quando um carro se aproximou e atirou em uma rua da Barra Funda, na Zona Oeste. Um dos quatro tiros acertou a cabeça do travesti que morreu na hora.
Um morador de rua foi baleado na madrugada desta quinta-feira (7) na Vila Mariana, Zona Sul da capital paulista. A vítima, que aparenta ter 30 anos, ainda não foi identificada.

Uma mulher que mora perto da Praça Doutor Carvalho Franco, onde ocorreu o crime, ouviu muitos gritos e cinco disparos de arma de fogo. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o segurança da praça, que estava fazendo a vigilância e também ouviu estampidos. Segundo o segurança, um desconhecido passou de moto e disparou contra o morador de rua.
A polícia ainda não tem pistas de nenhum dos criminosos. (G1)

DEIXE UMA RESPOSTA