Retaliação: EUA forçam encerramento do consulado russo em San Francisco

Consulado russo em São Francisco (DR)

Os Estados Unidos fizeram hoje um ultimato a Moscovo para encerrar até sábado o consulado-geral russo na cidade californiana de San Francisco, em resposta à redução significativa do pessoal das representações diplomáticas americanas na Rússia.

A administração norte-americana também ordenou uma diminuição dos serviços consulares das representações diplomáticas russas em Washington e em Nova Iorque.

Num comunicado divulgado hoje, o Departamento de Estado norte-americano indicou que esta medida é uma resposta à decisão do Kremlin (Presidência russa) que determinou uma redução significativa da equipa diplomática norte-americana destacada em Moscovo.

A diplomacia norte-americana referiu, na mesma nota informativa, que a medida de hoje pretende “acabar com um círculo vicioso” que continua a deteriorar as relações entre os Estados Unidos e a Rússia.

Washington também afirmou esperar que esta decisão não conduza a “novas retaliações”.

A porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, acrescentou ainda que esta decisão coloca os Estados Unidos e a Rússia em pé de igualdade, ou seja, cada país passa a estar representado com três consulados.

No início do ano, Moscovo ordenou a redução do pessoal diplomático norte-americano em território russo, depois de os Estados Unidos terem agravado as sanções económicas à Rússia.

Washington teve que reduzir o pessoal da embaixada e dos consulados de 755 pessoas para 455.

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, tinha afirmado que os Estados Unidos teriam uma resposta à decisão russa até Setembro. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA