Polícia britânica deteve um suspeito, no quadro da investigação sobre o atentado em Londres (vídeo)

(Euronews)

A polícia britânica deteve um suspeito e fez buscas numa casa nos subúrbios de Londres, no quadro da investigação sobre o atentado no metro da capital

A polícia britânica deteve no sábado um homem de 18 anos no porto de Dover, e algumas horas depois iniciou buscas numa casa a cerca de 20 km de Londres, no quadro da investigação sobre o atentado com um engenho explosivo no metro de Londres.

Segundo a imprensa britânica, a casa investigada pertence a um casal de idosos condecorados pela rainha por terem acolhido durante muitos anos centenas de crianças.

A polícia não exclui que o atentado tenha sido preparado por mais que uma pessoa:

29” Soundbite, Neil Basu, Deputy Assistant Police Commissioner:

“Nesta fase, não descartamos a possibilidade que haja mais de uma pessoa responsável pelo ataque mantemos várias linhas de investigação a um ritmo acelerado”, disse Neil Basu, o coordenador das unidades anti-terrorismo da Polícia Metropolitana de Londres.

A Ministra do Interior britânica, Amber Rudd, qualificou de muito significativa a detenção do suspeito em Dover, considerando que a polícia está a fazer “grandes progressos”.

A explosão registada na sexta-feira no metro de Londres, na estação de Parsons Green, poderia ter ter tomado proporções muito mais graves, segundo a ministra.

O nível de alerta em território britânico continua na classificação mais elevada, o que representa uma ameaça de ataque iminente.

Mil agentes da polícia reforçam a segurança em todo o país, enquanto um milhar de sodados vigia desde sábado as centrais nucleares e outras infraestructuras estratégicas. (Euronews)

DEIXE UMA RESPOSTA