Pedro Dias em tentativa de fuga da cadeia

(DR)

Encontrada corda feita de lençóis em muro da cadeia, com uma garrafa envolta numa meia com nome do homicida.

Pedro Dias, o triplo homicida de Aguiar da Beira, que aguarda em prisão preventiva, há 10 meses, na cadeira de alta segurança de Monsanto, em Lisboa, viu o seu nome envolvido numa aparente tentativa de fuga.

Os guardas prisionais descobriram pedaços de lençóis rasgados entrançados entre si, pendurados numa rede de arame farpado da cadeira e com uma garrafa de vidro na ponta que estava envolta com uma meia com o nome de Pedro Dias escrito. (A Bola)

por Correio da Manhã

DEIXE UMA RESPOSTA