Oposição aposta na impugnação das eleições, MPLA pede respeito pelas instituições

André Mendes de Carvalho (Voa)

CNE promete anunciar resultados definitivos na quarta-feira

Doze dias após as eleições em Angola, continuam as acusações entre a Comissão Nacional de Eleições (CNE) e os partidos da oposição.

Enquanto a primeira indeferiu as queixas da oposição, por considera-las sem fundamento,UNITA, CASA-CE, PRS e FNLA ameaçam impugnar as eleições.

O MPLA, partido dado por vencedor pela CNE, pede respeito pelas instituições legitimamente eleitas.

CASA-CE vai ao TC

A CNE prevê divulgar os resultados definitivos das eleições de 23 de Agosto, nesta quarta-feira, 6 de Setembro.

A CASA-CE, por sua vez, diz que vai recorrer por todas as vias legais para contestar o processo, começando mesmo pela impugnação junto do Tribunal Constitucional.

“A primeira é impugnar os resultados, a reivindicação é democrática mas deve seguir os procedimentos”, garante André Gaspar Mendes de Carvalho, vice-presidente da CASA-CE.

MPLA pede respeito

Por seu lado, João Pinto, jurista e candidato a deputado pelo MPLA, diz que é normal que a oposição recorra a instituições legitimamente aceites e que o MPLA está acostumado com o finca-pé da oposição.

“Desrespeita o eleitorado que votou nele, em 2008 disseram que houve fraude em 2012 também não foram à tomada de posse do Presidente, mas depois acorreram ao Parlamento, é uma questão de opção, cada uma faz a sua opção e assume as suas consequenciais”, reage Pinto.

A UNITA, através do seu vice-presidente Raul Danda, também garante que vai recorrer junto do Tribunal Constitucional, caso a CNE mantiver os resultados. (Voa)

DEIXE UMA RESPOSTA