Namibe: Jovens empresários dizem ser discriminados

Namibe (Foto João Santa Rita)

Acusam Governo de promessa eleitoralista

Jovens empresários empreendedores no Namibe dizem que estão a ser discriminados na sua busca por crédito ao abrigo do projecto “projovem”.

Em Março, o Governo angolano anunciou a institucionalização do financiamento de 4,5 mil milhões de kwanzas para o projecto que visa potenciar a iniciativa empresarial dos jovens.

O dinheiro foi alocado ao Banco de Comercio e Industria (BCI), pelo Banco do Desenvolvimento de Angola (BDA), segundo documentos existentes.

Um dos jovens entrevistados pela VOA disse ter sido discriminado por ser proveniente de família pobre, enquanto outro fez notar que jovens em Luanda e noutras partes do país beneficiaram mas no Namibe ninguém foi escolhido.

Alguns acusam a “Projovem” de ser apenas uma manobra eleitoral.

O gerente do BCI no Namibe não quis prestar declarações, mas uma fonte daquela instituição bancária disse à VOA que o problema do Namibe reside na legalização das empresas dos concorrentes. (VOA)

DEIXE UMA RESPOSTA