Mais de mil famílias despejadas no primeiro semestre

(DR)

Os números representam uma média de cinco famílias por dia obrigadas a desocupar as habitações.

Dados do Balcão Nacional de Arrendamento (BNA) avançam que foram emitidas 1014 ordens de despejo entre Janeiro e Junho por falta de pagamento das rendas, noticia o Correio da Manhã. Os números representam uma média de cinco famílias por dia obrigadas a desocupar as habitações.

O BNA recebeu, desde a sua criação em março do ano passada, 14 680 pedidos de despejo de famílias, tendo sido aceites 6 246. Recorde-se que os senhorios podem abrir processos de despejo quando os inquilinos têm três rendas em atraso.

O presidente da Associação Nacional de Proprietários, António Frisa Marques, realça que “não é linear que se estejam a despejar famílias”, “a minha experiência diz que muitas vezes são arrendamentos comerciais”. Os dados desta associação indicam que 30% das ordens emitidas são relativas a arrendamentos comerciais.

O BNA foi criado pelo governo de Pedro Passos Coelho e, de acordo com Romão Lavadinho, presidente da Associação dos Inquilinos, “é injusto” pois não considera situações como desemprego e doença. O PCP e Bloco de Esquerda já anunciaram a sua intenção de extinção deste balcão. (Jornal Económico)

DEIXE UMA RESPOSTA