Lopito Feijó homenageado em Portugal numa gala que promove a lusofonia

(Foto: Sandra Bernardo)

O poeta angolano encontra-se em Portugal para participar na primeira gala de homenagem e de entrega de prémios da lusofonia, que acontece já este sábado, dia 2, no auditório Rui de Carvalho, em Carnaxide, Lisboa.

O evento é promovido pela Associação Solidária Meninos Graúdos, em parceria com a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa – UCCLA e a Confederação Empresarial da CPLP, visando “homenagear e premiar carreiras artísticas de figuras emblemáticas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa que se têm destacado nos domínios da música, do jornalismo, do teatro, da literatura, da moda e das artes em geral, levando e elevando a língua portuguesa nos mais recônditos cantos do mundo”.

Para os organizadores da gala, “os Prémios da Lusofonia, pretendem realçar o papel e a importância das pessoas que mais e melhor têm representado a indómita vontade de tornar mais competitiva e mais atractiva a imagem da lusofonia. Há uma missão de serviço público universal que se torna fundamental entender e reconhecer”.

Para além do escritor angolano Lopito Feijó serão também premiadas e homenageadas outras figuras, tais como a cantora Celina Pereira, de Cabo Verde, o actor Rui de Carvalho, de Portugal, o embaixador Lauro Moreira do Brasil, o jornalista Gabriel Baget de Angola, o escritor o escritor Del mar Gonçalves, de Moçambique, o escritor Mário Máximo, de Portugal, o investigador e o escritor Luís Costa, de Timor, entre outras personalidades das artes e do mundo cultural lusófono.

De recordar que Lopito Feijó é escritor, poeta e crítico literário há mais de 40 anos e no princípio deste mês publicou o livro de poesia “Imprescindível Doutrina Contra”. (Novo Jornal Online)

DEIXE UMA RESPOSTA