Licenciatura aberta para os enfermeiros

Governo do Cuanza Sul garante mais Hospital em Cassongue (Foto: Angop/Arquivo)

A província do Cuanza-Sul vai dispor, nos próximos anos, de um Instituto Superior de Enfermagem, a ser erguido no quadro dos projectos do Programa de Investimentos Públicos (PIP) 2017-2022, anunciou na quinta-feira o governador provincial.

Eusébio de Brito Teixeira disse que o instituto superior vai ser construído na zona dos Carvalhos e pode dispor de área de internamento para estudantes idos de outros pontos do país.

O governador provincial do Cuanza-Sul explicou que o Executivo precisa da juventude para assegurar o futuro, dai estar cada vez mais empenhado na formação desta camada da sociedade, para que possa estar capacitada e qualificada para os referidos desafios.“Precisamos de ter quadros preparados para responderem aos desafios do sector da Educação, Saúde e de outras áreas. Por isso, vamos continuar a apostar na formação dos jovens”, defendeu o governador provincial do Cuanza-Sul.

Eusébio de Brito Teixeira falava durante a cerimónia de inauguração de 12 novas salas de aulas do Instituto Técnico de Saúde do Sumbe, que passa a acolher 1.848 alunos, a partir do próximo ano lectivo. Depois da inauguração dos novos compartimentos, a escola de ensino médio, que funcionava desde 2011 com oito salas, passa ainda a contar com seis laboratórios e outras dependências administravas, construídos no âmbito do PIP 2012-2017.

A obra teve a duração de três meses e ficou avaliada em cerca de 150 milhões de kwanzas. O governador Eusébio de Brito Teixeira disse que, além de alargar o número de vagas para os alunos, a instituição vem igualmente melhorar a qualidade de ensino e de aprendizagem, assim como dar comodidade e condições próprias que ajudem a longo, médio e curto prazo reduzir significativamente a carência de quadros qualificados nas áreas de análises clínicas e enfermagem, especialidades ministradas, até agora, no Instituto Técnico de Saúde. (Jornal de Angola)

DEIXE UMA RESPOSTA