Irma, José e Katia: três furacões à solta no Atlântico

Furacão Irma é elevado a categoria 5 (DR)

Os três furacões que se mantêm ativos no Atlântico Norte e no Golfo do México preocupam as autoridades e geram a maior onda de evacuações da história dos EUA.

Irma, José e Katia são os três furacões que se mantêm ativos no Atlântico Norte e no Golfo do México. As preocupações concentram-se no Irma, um furacão de categoria 5 (o nível mais alto na escala Saffir-Simpson), com ventos de cerca de 300 quilómetros por hora.

Nas Caraíbas já se registaram nove mortes e, é provável que o número aumenta nas próximas horas, com as autoridades a procurar novas vítimas desta catástrofe natural. O Irma deixa Porto Rico para se dirigir, e destruir, a República Dominicana e o Haiti, daqui a pouco mais de duas horas, diz a SIC Notícias.

Por onde passou, o Irma deixou marcas: na ilha de Barbuda, cerca de 90% das infraestruturas da ilha foram destruídas e 1400 pessoas ficaram desalojadas, de acordo com o primeiro-ministro Gaston Browne. 37 milhões é o número de pessoas que se esperam ser diretamente afetadas pelo Irma, segundo dados do Observador.

Segue-se José, o furacão que se intensificou durante a noite para ascender a categoria 2 na escala Saffir-Simpson. O mais recente furacão atinge ventos de cerca de 135 quilómetros por hora e move-se na direçºao das Antilhas.

O furacão Katia, o ‘mais pequeno’ até agora, ainda na categoria 1, continua sem direção conhecida no Golfo do México.

Estas cataástrofes naturais originaram a maior onda de evacuações da história dos Estados Unidos da América.(Jornal Económico)

DEIXE UMA RESPOSTA