Irma desce para categoria 1 e deixa 5,7 milhões de pessoas sem energia eléctrica

Estrada de Naples inundada (DR)

Pelo menos três pessoas morreram, mas número pode aumentar

Mais de 5,7 milhões de pessoas no Estado americano da flórida encontram-se sem energia eléctrica a empresa de produção FPL já avisou que poderá levar dias ou semanas para que o serviço seja restaurado totalmente.

O furacão Irma desceu para categoria 1, mas continua a provocar fortes rajadas de vento, chuvas torrenciais e tornados, enquanto as ondas batem com forte intensidade nas costas e os rios aumentam o volume de água.

No sul, mais precisamente nas ilhas, Miami e Broward, pessoas têm saído à rua, apesar do toque de recolher em vigor e as autoridades têm vindo a público pedir que regressem às suas casas.

Cerca de 45 pessoas foram presas por desobedeceram o toque de recolher.

“Pedimos às pessoas que sejam pacientes e permaneçam em casa”, disse Carlos Aviles, chefe dos bombeiros de St. Augustine.

“Fique fora das estradas, fique fora das ruas, deixe-nos terminar a avaliação, limpar as estradas, restaurar a energia eléctrica”, completou o “mayor” de Fort Lauderdale, Jack Seiler.

Três pessoas morreram, sendo duas num acidente de carro frontal na cidade de Tampa e outra no condado de Monroe, quando o condutor de um camião, que transportava um gerador, perdeu o controlo do veículo.

Há informações de uma quarta morte, mas não há informação oficial.

Na manhã desta segunda-feira, Irma está em direcção ao centro do Estado, a 100 quilómetros de Tampa e com ventos de 75 140 quilómetros por hora.

O furacão chegou ao Sul da Flórida nas primeiras horas de domingo com categoria 4. (VOA)

DEIXE UMA RESPOSTA