Huíla: Registados mais de 20 casos de falta de assistência na província

HUILA: CATARINA MANUEL (FOTO: JOSÉ KRITHINAS)

Vinte e três casos de falta de assistência de pais para com filhos foram registados de Julho a Agosto do corrente ano, pelo Departamento de Políticas Familiares da Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher na Huíla.

A informação foi prestada na quinta-feira à Angop, pela directora provincial da instituição, Catarina Manuel, salientando que os casos resultam de um universo de 35 queixas de violência doméstica.

Os referidos casos mereceram o devido acompanhamento da direcção.

Catarina Manuel explicou que dos casos, constam igualmente ofensas morais, com quatro casos, ofensas corporais, com três, fuga a paternidade, com dois, igual número de violência patrimonial e caso de privação de bens, cujas idades das vítimas variam entre os 18 aos 75 anos.

Destacou que no período em análise, foram também realizadas algumas palestras, no domínio da valorização da família e aumento das competências familiares, subordinadas aos temas “a violência doméstica”, “a atitude cívica do militar perante a violência doméstica” e “a fuga a paternidade”. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA