Homem é condenado por roubar e vender armas do Exército dos EUA no eBay

(Sputnik/ Ramil Sitdikov)

O norte-americano John Roberts, 27 anos, foi condenado nesta semana por participar de um esquema que roubava e vendia armas e itens do Exército dos Estados Unidos no eBay.

Outros seis soldados, e o civil Cory Wilson, que participavam do arranjo fecharam acordos com a promotoria e delataram o ocorrido.

Segundo o relato de Wilson, ele e Roberts encontravam armas e equipamentos militares por meio de classificados online e anúncios no Facebook. Os dois, então, entravam em contacto com os vendedores e os convenciam a roubar mais itens para serem comercializados no eBay.

Entre 2013 e 2016, o grupo amealhou mais de US$ 1 milhão por meio da venda de metralhadores, miras, roupas militares, entre outros itens. Os compradores eram de locais diversos como China, México, Hong Kong, Ucrânia e Rússia.

O esquema foi desmantelado em outubro de 2016, cerca de dois anos depois da alfândega dos EUA intercetar um carregamento de capacetes militares que o grupo tentava enviar para o exterior.

Durante o julgamento, Roberts afirma que “não tentou esconder nada” e que acreditava que não estava infringindo nenhuma lei. “Por isso eu paguei impostos sobre tudo o que vendi no eBay”, disse. (Sputnik)

DEIXE UMA RESPOSTA