GPL pretende intensificar processo de alfabetização para alcance dos objectivos

JOVELINA IMPERIAL, VICE-GOVERNADORA DE LUANDA PARA ÁREA SOCIAL (FOTO: LUCAS NETO)

O Governo da Provincial de Luanda (GPL) pretende intensificar o processo de alfabetização para se atingir as metas fixadas para o ano 2025, consubstanciada na erradicação do analfabetismo, e proporcionar aos cidadãos um valioso instrumento no desenvolvimento humano e do país.

A vice-governadora de Luanda para o sector social, Jovelina Imperial, que falava durante a jornada alusiva ao Dia Internacional da Alfabetização, destacou o papel e a contribuição da assessoria cubana ao método Sim Eu Posso, que tem sido determinante na formação dos facilitadores, no aumento das matrículas e na gestão andragógica ( arte ou ciência de orientar adultos a aprender) da alfabetização.

Avançou que o empenho e dedicação de todos os intervenientes comprometidos com o processo de alfabetização em Luanda permitiram no período de 2007 a 2017 alfabetizar 1.031.358, homens e mulheres adultos.

Jovelina Imperial reiterou também o comprometimento do Governo da Província nas tarefas de erradicação do analfabetismo, certo que por esta via estarão a dar o seu contributo para autonomia das pessoas o seu emponderamento e a libertação da fome e da pobreza.

A província de Luanda controla 1.181 pontos de alfabetização e 2.009 alfabetizadores. (Angop)

DEIXE UMA RESPOSTA